(+351) 217 963 583 usi@usi.pt    Contactos

USI reúne em Congresso e apresenta estudo sobre ‘Conciliar o Trabalho com Família’

O I Congresso da USI realizou-se em Lisboa, no dia 28 de outubro, e reuniu um amplo conjunto de personalidades nacionais e internacionais em torno do tema ‘A Conciliação do Trabalho com a Família’.

Políticas de conciliação entre o trabalho e a família, a igualdade do género, a importância das estruturas sindicais nas negociações coletivas e nos processos de revisão legislativa sobre horários de trabalho e responsabilidades familiares foram tópicos abordados nesta jornada de trabalho, que incluiu também a divulgação de um estudo inovador em que estiveram envolvidos quase dois mil trabalhadores.

Este estudo, realizado pela USI, revelou que 41% dos trabalhadores com filhos defende a flexibilização dos horários das creches e dos estabelecimentos de ensino pré-escolar, medida extensível a pais com horário noturno ou de fins-de-semana, como uma medida essencial para uma melhor conciliação do trabalho com a família.

O estudo conclui ainda que 31% dos inquiridos defende a definição do escalão de IRS em função de rendimento per capita a nível da família e 28% gostaria de uma maior flexibilização do horário laboral, privilegiando horários em part-time para pais com filhos ou em situações de pré-reforma dos avós.

Mais de 75% dos participantes revelaram também que, mantendo a carga global de trabalho anual, preferia concentrá-la em menos dias, trabalhando mais horas por dia.

Entre as personalidades que marcaram presença neste Congresso, destaque para Rubina Leal, Secretária Regional da Inclusão e Assuntos Sociais da Madeira, e para os convidados internacionais Romain Wolff, Presidente da Confederação Europeia de Sindicatos Independentes (CESI), organização criada em 1990 que representa mais de 5 milhões de sindicalizados de 28 países da União Europeia, e Jean-Philippe Steeger, da direção da CEC European Managers, uma das seis organizações de parceiros sociais europeus reconhecidas pela Comissão Europeia e que conta atualmente com mais de um milhão de afiliados.

De referir ainda a mesa redonda moderada pelo jornalista Pedro Pinto, que contou com a participação de Assunção Cristas, presidente do CDS-PP, Pedro Roque, Deputado e líder de Estrutura de Trabalhadores, e Rita Appleton, administradora da SGF, que partilharam com um público atento as suas posições sobre o tema da conciliação do trabalho e da família.

A fechar, esteve Miguel Cabrita, Secretário de Estado do Emprego, e Paulo Gonçalves Marcos, presidente da USI, que apresentou um novo modelo de governação das grandes empresas em Portugal, na linha das melhores práticas europeias, que têm representantes dos sindicatos nos órgãos de supervisão/administração.

      DISCURSOS

      PALESTRAS