(+351) 213 581 891 [email protected]    Contactos

Qual foi a notoriedade dos Dirigentes durante 2014?

ESTUDO | Qual foi a notoriedade dos Dirigentes durante 2014?

 

Em Março de 2015 foi publicado na página do Observatório de Boas Práticas Laborais (OPBL) um estudo intitulado “Barómetro da Notoriedade dos Dirigentes Sindicais e Patronais em Portugal” em que demonstra os níveis de notoriedade dos principais Dirigentes Sindicais e Patronais Portugueses nos diferentes Meios de Comunicação Social no ano de 2014.

Foi adoptada uma metodologia de selecção e análise documental via internet dos principais canais de notícias – SIC/SIC notícias, TVI/TVI24, RTP/RTP INFO – e dos jornais online – Correio da Manhã, Jornal de Negócios, Jornal de Notícias, Diário de Notícias e Diário Económico.

De acordo com o Barómetro da Notoriedade para os dirigentes sindicais, o Dirigente Arménio Carlos da Confederação Geral de Trabalhadores (CGTP-IN) apresenta um total de 458 notícias no ano de 2014, enquanto o Dirigente Carlos Silva da União Geral de Trabalhadores conta com 222 notícias e em terceiro o Dirigente Afonso Pires Diz apresenta 30 notícias.

Foram analisadas as publicações em jornais e o Dirigente Arménio Carlos totaliza 311 notícias nos jornais online, o dirigente Carlos Silva com 197 notícias e o Dirigente Afonso Pires Diz (USI) com 91 registos publicados online.

Ao cruzar as variáveis de análise (Jornais online e Televisões), o ranking permanece inalterado com o Dirigente Arménio Carlos com 769 notícias nos jornais e TV, o Dirigente Carlos Silva com 419 e o Dirigente Afonso Pires Diz com 121 referências nos jornais online e TV.

O estudo ainda publicou o Barómetro de Notoriedade dos principais Dirigentes Patronais em que se destaca em primeiro lugar António Saraiva da CIP com um total de 258 referências, seguido pelo Presidente do CES José Silva Peneda com 123 referências.

Este estudo pode ser consultado na integra na página do OPBL, link: http://opbpl.cies.iscte-iul.pt/?p=961